top of page

Econ – Como se tornar um investidor? 6 passos do investidor de sucesso


A maior parte das pessoas trabalha para o dinheiro, mas existem aquelas que sabem fazer o dinheiro trabalhar para elas. aproveitar o seu tempo enquanto o dinheiro trabalha para você é o sonho de muitos, porém são poucos os que sabem como fazer isso.


Aqueles que são capazes de obter uma renda passiva utilizando do mercado financeiro são chamados de Investidores, estes são capazes de fazer o dinheiro trabalhar para eles, mas não algo tão simples de se conseguir.


econ renda fixa

Para se tornar um investidor de sucesso é necessário esforço e dedicação, assim como qualquer outra conquista na vida, um caminho deve ser trilhado. Então aqui vão 6 dicas para você se tornar um investidor de sucesso.



Dica n.º 1 - Busque conhecimento constantemente


Buscar conhecimento é essencial para um investidor de sucesso entender os conceitos dos vastos ativos no Mercado Financeiro. E isso é apenas o básico para todos que desejam se tornar grandes investidores.


Estudar e analisar grandes nomes da economia vai agregar muito conhecimento sobre diversos assuntos que podem impactar diretamente a sua carteira de investimentos. Assuntos que vão desde análises de empresas específicas até uma visão mais ampla da economia, não só da economia brasileira, mas do mundo inteiro.

Grandes nomes do mercado financeiro possuem esse hábito, como:

  • Warren Buffett (maior investidor do mundo)

  • Luiz Barsi (maior investidor do Brasil e mentor da Econ360)

  • Eduardo Velho (Economista, gestor de fundo de investimento autorizado pela CVM e diretor de estratégia e investimentos da Econ360)


Dica n.º 2 - Pense no longo prazo


Todo investidor precisa entender sobre o prazo de investimento, pois o tempo é um forte aliado do investidor. Por este motivo, a primeira coisa que se deve entender sobre o assunto é o que seria, curto prazo, médio prazo e longo prazo.


Segundo a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) os principais prazos são:


  • Curto prazo: até 2 anos;

  • Médio prazo: de 3 a 10 anos;

  • Longo prazo: mais de 10 anos.


Porém existe um certo consenso no mercado sobre estes prazos, segundo este consenso os prazos seriam da seguinte maneira:


  • Curto prazo: até 2 anos;

  • Médio prazo: de 3 a 5 anos;

  • Longo prazo: mais de 5 anos.


Estas janelas de tempo são muito importantes para os investidores, pois é possível trabalhar diferentes ativos e realizar diversas operações com inúmeras finalidades em cada uma delas.

Normalmente investidores que trabalham dentro do curto prazo tendem a ser mais especulativos e assumem maiores riscos, isso porque se já é difícil analisar e gerar previsões do mercado financeiro no médio e longo prazo, imagina fazer isso no curto prazo? Afinal de contas, muitas coisas podem causar uma forte volatilidade no mercado e sem tempo para se recuperar você pode sair no vermelho.


Já no longo prazo é possível ter uma melhor visão, pois o tempo permite que o mercado se recupere de grandes e pequenas crises.



Gráfico Mensal IBOV – 2010 a 2018


Como podemos ver neste gráfico que mostra o IBOV de 2010 a 2018, apesar da bolsa ter passado por um grande período de alta volatilidade e queda, no longo prazo a bolsa foi capaz de se recuperar. Para os investidores que possuíam visão de longo prazo e continuaram comprando a fazendo preço médio durante todo o período em que a bolsa estava “ruim” o lucro no final de 2018 foi espetacular. Além disso, durante este período muitas empresas pagaram dividendos e JCPs, até realizaram bonificações, isso aumenta ainda mais o ganho dos investidores que mantiveram e adquiriram mais ações durante este período.



Dica n.º 3 - Não invista em algo que você não entende


Pular em um lago sem saber a sua profundidade pode se tornar um problema, pois nunca devemos medir a profundidade de um rio com os dois pés.


Quando se depara com algo que não compreende bem, você com certeza não deve arriscar o seu dinheiro neste negócio. Primeiro procure conhecer mais sobre o assunto, estude os ativos que pretende investir, caso seja uma ação, faça as seguintes perguntas sobre a empresa em questão:


  • O que a empresa faz?

  • Como ela obtém renda?

  • Como está sua gestão?

  • Quais são seus objetivos e metas?


Respondendo essas perguntas você irá adquirir um maior conhecimento e poderá investir em um ativo que se sentirá seguro de manter na carteira por mais de 5 anos sem medo.



"O importante é saber o que sabe e saber o que você não sabe." - Warren Buffet

Dica n.º 4 - Não siga opiniões sem fundamentos


Todo investidor de sucesso investe em ativos que possuam fundamentos, seguir simples opiniões da internet e de rodas de amigos pode ser o primeiro passo para uma carteira no vermelho. Sempre que ouvir a opinião de alguém sobre investimentos descubra quais são os fundamentos daquela opinião, procure saber se quem está falando realmente sabe do assunto. Se achar necessário busque uma assessoria de investimentos credenciada.



Dica n.º 5 - Fique atento as notícias


O Mercado Financeiro é algo que está em constante mudança, cada acontecimento pode impactar diretamente os seus investimentos. Algumas notícias podem trazer mais volatilidade para sua carteira no curto prazo, outras podem até afetar o longo prazo, dependendo do acontecimento e da sua posição, pode fazer você realocar os seus investimentos.



Dica n.º 6 - Coloque em pratica


Estudar a teoria sempre nos agrega valor, porém, nada nos ensina mais do que a prática: entrar no mercado e ver a oscilação, sentir como realmente é operar pode mudar a sua visão, e entrar em posições ruins ou simplesmente ficar preocupado demais com o curtíssimo prazo logo no início de seus investimentos. Isso pode te desanimar, te deixar com medo de investir e fazer você ter uma visão errada do mercado.


Por este motivo, criamos o Ranking do Investidor, uma plataforma totalmente gratuita que simula a Bolsa de Valores do Brasil, na qual você pode aprender a investir na prática sem arriscar o seu capital.



Ficou curioso? A gente entende!


Para aprender mais sobre este e outros assuntos relacionados ao mundo dos investimentos, cadastre-se no Ranking do Investidor e aprenda a investir do zero, sem colocar seu capital em risco!


Abraço, investidores!


- Douglas Vieira

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page