Econ – Como utilizar os juros a seu favor

Atualizado: 20 de mar.

Juros, com certeza você já ouviu esta palavra e não se agradou muito, isso por que as pessoas estão acostumadas a ver os juros trabalhando contra elas, favorecendo bancos, lojas e outras empresas, mas você sabia que pode usar os juros a seu favor? Sim, é possível e é mais fácil do que você imagina.

Se você quer usar os juros a seu favor, primeiro você precisa entender o que são os juros e como eles funcionam.


Juro é a remuneração cobrada pelo empréstimo de dinheiro. É expresso como um percentual sobre o valor emprestado e pode ser calculado de duas formas: juros simples ou juros compostos.


Dica N.º 1 - Juros Simples


Este tipo de juros quase não é usado no mercado financeiro, funciona da seguinte maneira:


Aplicação de R$ 10.000,00

Juros de 10% a.a

Rendimento em 1 ano de R$ 1.000,00

Rendimento em 2 anos de R$ 2.000,00


A taxa de juros sempre vai incidir sobre o valor inicial.


"Investir em conhecimento rende sempre os melhores juros." - Benjamin Franklin


Dica N.º 2 - Juros Compostos


Este tipo de juros é o mais usado no mercado financeiro, o chamado juros sobre juros, que funciona da seguinte forma:


Aplicação de R$ 10.000,00

Juros de 10% a.a

Rendimento em 1 ano de R$ 1.000,00

Rendimento em 2 anos de R$ 2.100,00


Isso acontece porque o cálculo dos juros compostos é feito sobre os juros do período anterior, como no exemplo acima que tem como base de cálculo no primeiro ano R$ 10.000,00 e no segundo essa base se soma com os juros do período anterior e se torna R$ 11.000,00, desta maneira no segundo ano haverá um rendimento de 10% sobre 11.000 reais.


"Juro composto é a oitava maravilha do mundo. Quem entende, ganha. Quem não entende, paga." - Albert Einstein

Dica N.º 3 - Como usar o juros a meu favor?


Para ganhar dinheiro com juros basta fazer um empréstimo, mas não é você que vai pegar dinheiro emprestado, e sim você que o emprestará, e isso é feito através da Renda Fixa, que consiste em você aplicar o seu dinheiro em títulos de dívida de bancos, empresas e até do governo, títulos como por exemplo:


Bancos: CDB, LCI, LCA

Empresas: CRI, CRA, Debêntures

Governo: LFT, LTN, NTN-B, NTN-F


Os títulos de bancos são chamados de Emissões Bancárias, de empresas de Crédito Privado, e do governo de Tesouro direto ou Títulos Públicos. Esses títulos podem ter diversas taxas de juros e serem indexados a diferentes índices do mercado.


Como já dizia Albert Einstein, ''Quem entende, ganha. Quem não entende, paga'', e essa lógica não serve apenas para os juros, mas para todo o mercado, então busque sempre estar aprendendo. E não existe maneira melhor de se aprender algo do que na pratica, e para isso você tem o Ranking do investidor, uma maneira simples e gratuita de se aprender na pratica como o mercado funciona, faça já o seu cadastro e aprenda a fazer o seu dinheiro a trabalhar para você!!


Aprenda na prática com o Ranking do investidor, se cadastre e entre nesse mundo.


Link: https://rankingdoinvestidor.com.br/portal/sign-in.php


Abraço, investidores!


- Douglas Vieira

15 visualizações0 comentário