• Econ360

Business Intelligence: 3 cases de sucesso que você precisa conhecer

Business Intelligence (BI) é uma ferramenta de coleta, análise e compartilhamento de dados. Seu principal objetivo é auxiliar na tomada de decisões. De forma geral, as empresas costumam alcançar resultados bastante satisfatórios na identificação de riscos e oportunidades, utilizando inteligência de negócios. Não é à toa que existem diversas boas histórias envolvendo a ferramenta.

Cases de sucesso com Business Intelligence. Homem sentado, computador na frente, lâmpada na cabeça.
Cases de sucesso com Business Intelligence. | Foto: Pixabay/Mohamed Hassan.

Por isso, separamos 3 cases de sucesso de companhias que se deram muito bem utilizando Business Intelligence. Confira!


3 cases de sucesso com Business Intelligence


1. Toyota Estados Unidos


No final da década de 1990, a Toyota enfrentou sérios problemas, por conta da má gestão de seus dados. Na época, os computadores da empresa geravam uma enorme quantidade de dados e relatórios de baixa qualidade, que não eram direcionados para lugar nenhum. Com isso, o custo de armazenamento de seus veículos subiu e os clientes passaram a não receber seus automóveis a tempo.


Foi quando a CIO - Chief Information Officer (responsável pela tecnologia da informação) -, Barbara Cooper, decidiu implantar um data warehouse, que consiste em um repositório central de dados organizados com fácil acesso. Então, após tentar a implantação de um sistema para fornecimento em tempo real, sem sucesso, decidiu em 1999 pelo Business Intelligence.


Logo nos primeiros dias a plataforma trouxe resultados. Com a implantação do BI, a Toyota conseguiu otimizar o custo de fabricação dos veículos e aumentar o volume de carros negociados em 40%. Segundo um estudo realizado pela IDC Inc., o retorno sobre o investimento na ferramenta foi de 506%.


2. Fiat


Em 2011, o novo Fiat Uno foi eleito o carro do ano pela Revista AutoEsporte. Na votação popular, o modelo venceu com 33% dos votos. O objetivo da fabricante de automóveis naquele ano era projetar um veículo que tivesse “a cara do consumidor”. Então, utilizou Business Intelligence para conseguir o que queria.


A fim de alcançar os resultados desejados, a Fiat realizou uma pesquisa de mercado em suas redes sociais. Então, após recolher os dados de seus seguidores, utilizou inteligência empresarial para organizar e analisar as informações coletadas. Assim, foi possível montar um carro de acordo com os desejos do público.


O sucesso do Uno foi incrível, com direito a diversas críticas positivas e prêmios importantes. A ferramenta ajudou a companhia a ter uma visão mais ampla de sua participação no mercado automobilístico. Deu tão certo que a empresa aproveitou essas informações no planejamento de estratégias para campanhas futuras.


3. Avon


A Avon não queria mais decidir com base em achismos, por isso resolveu investir em inteligência de negócios. O objetivo da fabricante de cosméticos com a implantação da ferramenta era transformar os dados em informações relevantes, a fim de que eles servissem como base para o processo de tomada de decisões.


O projeto durou 18 meses e os resultados foram satisfatórios para a empresa. A CIO da Avon na época chegou a dizer que o BI ajudou na criação de relatórios que auxiliaram a área de marketing, dando acesso aos dados de cada campanha.


Também, disse que foi possível avaliar como as vendas se comportavam de acordo com região e idade do consumidor. Assim, possibilitando o desenvolvimento de um perfil mais detalhado dos usuários. E, desta forma, viabilizando a criação de ações mais efetivas.


Os três cases de sucesso citados aqui representam muito bem a eficácia do Business Intelligence. Então, se você quiser melhorar a produtividade da sua empresa, otimizando a coleta, análise e compartilhamento de dados, fale com a Econ360. Estamos sempre dispostos a desenvolver seu negócio junto com você.

53 visualizações0 comentário